6 de fevereiro de 2011

Um domingo trágico

Foi um domingo terrível, que começou com a triste notícia do grave acidente do polonês Robert Kubica no Rali Ronde di Andora, na Itália. Ele fazia a sua estréia na categoria S2000 a bordo de um Skoda Fabia, tendo o compatriota Jakub Gerber como co-piloto.

Segundo o empresário do polonês, Daniele Morelli, houve uma repentina perda de aderência dos pneus em razão do asfalto úmido. O carro atingiu um guard-rail frontalmente, e este guard-rail acabou por entrar no carro, atravessando o motor e provocando os graves ferimentos em Kubica.




As primeiras informações do estado de saúde do piloto chegaram através da equipe Lotus Renault, confirmando que o piloto tem politraumatismos: fraturas no braço, na perna e na mão direita. O piloto está internado no hospital Santa Corona di Pietra Ligure, próximo à cidade de Gênova, e está sendo atendido por uma equipe muito bem conceituada.

Segundo o último boletim médico, Kubica saiu da cirurgia às 18h (de Brasília) e os médicos afirmaram que ela foi bem sucedida, descartando-se temporariamente a possibilidade de amputação do membro. O polonês ficará cinco dias na UTI e só saberá se a mão será salva após uma semana, quando a equipe médica avaliará a vascularização do local. O processo de recuperação pode levar até um ano.




Mudando um pouco de assunto


A equipe ainda não se pronunciou oficialmente sobre uma possível substituição do piloto pelo brasileiro Bruno Senna (3º piloto da equipe, juntamente com o francês Romain Grosjean).

Mas o fator principal reside no seguinte: O time deixou o circuito de Valência extremamente animado com o desempenho do carro, e apostava em Kubica como o principal desenvolvedor do R31, por sua experiência e comprovada capacidade. Não desmerecendo Petrov ou qualquer outro que venha a assumir a vaga do polonês, é certo que o desenvolvimento da equipe sofrerá bastante com a falta de experiência... Na minha opinião, valeria inclusive "ressuscitar" um piloto da aposentadoria. Minha aposta? Heidfeld seria um bom nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário