24 de janeiro de 2012

Aconteceu comigo

(e com certeza com você também) Estava eu, a trabalho, com o carro da empresa caracterizado, transitando a 60 km/h em uma via no Recreio dos Bandeirantes (onde a velocidade máxima é justamente essa,  e onde misteriosamente há um radar de 40 km/h). Não havia absolutamente ninguém na minha frente ou na faixa ao lado...

Quando olho de relance no retrovisor, me deparo com um Corolla branco (desse modelo 2012 já) quase no meu banco traseiro. Piscando faróis alucinadamente. Imediatamente abri passagem e o bacana começou a morrinhar na minha frente. Acredito até que não foi no intuito de me atiçar nem nada... Mas, se estava com tanta pressa, que saísse em disparada como o Speed Racer. Não. Passou a andar aos mesmos 60 km/h que eu.

Ah se eu estivesse com meu 147... A história seria outra. Ou ele levantava vôo, ou os meus para-choques de titânio ultra-resistente (secretamente forjados pelos monges do Himalaia) seriam os criadores do primeiro Corolla Hatch 2012. Ai, ai se eu te pego...

Nenhum comentário:

Postar um comentário