31 de janeiro de 2012

Azarado

Com 11 pódios e 5 poles, Chris Amon carrega a fama de nunca ter vencido um grande prêmio. Mas ao menos esteve perto disso. Foi no GP da Fança de 1972, em Clermont-Ferrand. Ele foi o autor da pole e da volta mais rápida (suas últimas, por sinal), mas a vitória teimou em não vir.


3 comentários:

  1. Azarado, mas com um dos capacetes mais lindos da história.

    ResponderExcluir
  2. Jaime,

    Esse cara não tinha sorte na pista, bateu algumas vezes na trave...


    abs

    ResponderExcluir
  3. Jaime,

    o Amon só venceu quando não valia...

    abs...

    ResponderExcluir