23 de abril de 2012

Aprecie sem moderação



(Pra começar bem a semana) Criado pela FIA em 1982, o Grupo B foi um dos maiores campos de batalha da indústria automobilística. Com um regulamento praticamente sem restrições, os engenheiros tinham total liberdade para explorar suas capacidades. E não demorou muito para as montadoras toparem a brincadeira.

Audi, Lancia, Renault, Peugeot, Ford, Porsche, Toyota... Todas estavam lá. E os resultados foram espantosos. Tempos de zero a cem abaixo de três segundos eram normais. Dignos de um carro de F1 atual. Mas não se esqueçam que a coisa acontecia na terra! Tudo isso sem controle de tração computadorizado e essas sacanagens todas que existem hoje em dia.

Coisa pra macho, mesmo.

Em 1986, Henri Toivonen morreu durante o Rally de Portugal, pilotando um Lancia Delta S4, então um monstrinho com pouco mais de 600cv. A partir desta data, o Grupo B deixou de existir nas pistas para habitar os sonhos de qualquer apaixonado por esse negócio de corridas de carro.

Aumenta o som!

Nenhum comentário:

Postar um comentário