28 de setembro de 2012

Carrossel

O dia foi movimentado para a F1. Duas confirmações em duas equipes grandes, no mesmo dia. Não esperem que eu vá falar de palpites, possibilidades, especulações. Tem uma cacetada desses "especialistas" por aí. Por enquanto, falo apenas do que já está sacramentado.

Os dois aí embaixo foram os protagonistas.









Hamilton fechou contrato de três anos com a Mercedes. O tramite já havia vazado, mas eu não acreditei. Particularmente achava que o inglês ia morrer em Woking. Enfim, os alemães dizem estar montando uma puta estrutura para 2013. Falam em título, inclusive. Sei lá. Na minha cabeça ter Hamilton, Brawn e Lauda não é o suficiente.

Só um parêntese. Amílton sempre teve carros competitivos nas mãos. O filé. Com isso, os resultados (e inclusive o título de 2008) foram acontecimentos naturais. Sempre digo que, viriam de qualquer jeito. Desenvolver um carro não é tarefa das mais fáceis. E, vamos ver como ele se sai roendo o osso. Talento ele tem. Lhe falta juízo, talvez.


Pérez assinou com a McLaren, por "alguns anos". É justo. Há tempos o mexicano vinha fazendo por merecer um carro competitivo. Chegou a hora de mostrar a paudurecência desta temporada no pelotão da frente. Chega com status de segundo piloto, o que na McLaren não significa muita coisa. Se andar bem, é bem capaz de sepultar de vez o já apagado Button. Vai saber.

2 comentários:

  1. Resta saber como Luizinho se comportará numa equipe que precisa de um lider. É arriscado, com Schumacher não rolou...


    abs

    ResponderExcluir
  2. Torço para que Hamilton dê certo na Mercedes... é um grande piloto...

    e o Perez vai ter condições de brigar por vitórias ano que vem...muito bom isso...

    abs...

    ResponderExcluir