5 de setembro de 2012

Merece

(É ouro porra!) Em 15 de setembro de 2001 um acidente lhe tirou as duas pernas, desintegradas com um impacto a 320 km/h (para ver o vídeo do acidente, é só clicar aqui). No caminho para o hospital, foram nada menos do que sete paradas cardíacas e a perda de 3/4 de todo o sangue do corpo.

Após três horas de cirurgia, sobreviveu, milagrosamente. Deixou o hospital sorrindo, um mês e meio depois.

Em 2005, lá estava ele, de volta às pistas a bordo de uma BMW 320i adaptada, correndo (e vencendo provas) pelo WTCC. Só isto já seria mais do que nós, meros mortais, poderíamos imaginar. Mas Alessandro Zanardi está em um patamar diferente. Faz parte daqueles privilegiados, enviados ao mundo com um único objetivo: ensinar.

Ele estreou hoje nas Paraolimpíadas, conquistando o ouro na prova de bicicleta de mão. Mais do que uma simples vitória olímpica, Zanardi segue com sua missão de nos mostrar o verdadeiro significado da palavra superação, e a mais justa e merecida alcunha de vencedor...

Não tenho palavras para descrever a admiração que sinto por esse cara. Estou feliz, demais, por ele.

Um comentário:

  1. relamente, merece!

    Jaime, sei lá porque, tinha um comentário seu preso na rede de spam.
    Já liberei ele por lá e acho que não vai acontecer mais.

    ResponderExcluir