18 de novembro de 2012

American Dad

Não vi o treino, não vi a largada e não vi as 10 voltas finais. Ou seja, não vi quase porra nenhuma. Mas, foi o suficiente.

Vamos começar pelo início. O que é o Galvão falando merda atrás de merda no treino classificatório? Foi tão escroto que eu dormi ainda no Q2. Por mim, ou aposenta o cara, ou tira a transmissão da Globo. E depois da sacanagem deste fim de semana, eu optaria pela segunda alternativa.

Agora, a polêmica da vez. A violação do lacre do câmbio de Massa antes da largada. Alguns dizem que foi "mutreta". E foi mesmo. Nada mais do que uma manobra para que Alonso largasse no lado limpo da pista. Eu, particularmente, acho que vale tudo. Ou, quase tudo. Enfim, não condeno a atitude não.

Vamos à corrida.

Quando liguei a tevê, o trenzinho tinha Vettel, Hamilton, Webber, Alonso e o resto. Não lembro. Pouco depois, Hamilton se endiabrou e patiu pra cima de Vettel. O inglesinho esfarelou os pneus e não passou. Mas seguiu na cola. 

Pouco depois de ser alertado pelo rádio, Webber teve problemas com o Kers e abandonou. Uma nota da Red Bull pós-corrida informou que o problema foi um giclê que colou. Continua cagado de urubu esse Webber. Ou será que a mutreta da Red Bull é por aí?! Vai saber...

Alonso parou na volta 21 para a sua troca de pneus e quase deu merda. Um problema na troca do pneu traseiro direito quase ressuscitou Enzo Ferrari par amaldiçoar o maldito mecânico.

No final da bagaça, Hamilton - já calçado com borracha nova - colocou a faca nos dentes e partiu para o ataque. E dessa vez passou. É bem verdade que Vettel tinha muito a perder se errasse a mão na hora de defender e, acabou amolecendo. Mas acho que Hamilton passaria de qualquer jeito. 

Tenho de confessar: não gosto do sujeito, mas quando ele quer, vai lá e faz. Mas, de McLaren é mole. Quero ver ele fazer isso ano que vem.

Enquanto isso, lá no meião o pessoal se enroscava. Dos lances que vi, gostei da briga entre Räikkönen e Massa - na qual Massa venceu, com autoridade - e da senhora fechada que Schumacher deu em Button. Acabou tomando um passão, é verdade. Mas eu vibrei pacas... 

Bom. Com o abandono de WebberAlonso herdou o pódio. Estava mais ou menos 30 Anos Luz atrás de Vettel - que, traduzido em tempo de corrida dá tempo pra caralho. E assim seguiu-se a procissão até o final.

Ou, deve ter sido isso. Não vi. Desliguei a tevê e vim embora pra casa.

A corrida até que foi boa. Hamilton venceu um gepê meio matsomoto. Mas, Austin tem tudo para ficar (a pista, ao menos, é boa pacas). Agora, que tirem estes chapéus de caubói da cerimônia do pódio. Pelamor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário