19 de novembro de 2012

Penske








Imagens da bela (e vitoriosa) trajetória da equipe Penske no automobilismo.

Foi o melhor que encontrei para homenagear um cara que, além da F1, se aventurou na Can-Am, Nascar, ALMS, 24 Horas de Le Mans, 500 Milhas de Indianápolis e em todas as nomenclaturas que a Indy já recebeu: CART, IRL, Champ Car e o caralho a quatro...

E isso não é tudo. Se Roger Penske não saiu vencedor em tudo o que disputou, conseguiu um feito ainda maior: o respeito por todas as categorias onde competiu. O título de ontem, na categoria principal da Nascar - o primeiro, com Brad Keselowski - coroa mais uma vez o trabalho de uma vida inteira dedicada ao esporte a motor.

4 comentários:

  1. Roger é um exemplo de amor ao automobilismo num total.

    E esta foto do Emerson é clássica.

    ResponderExcluir
  2. Hermoso el PC4 de John Watson del Team penske en 1976; también lo corrió ese mismo año, pero en el equipo Interscope, Danny Ongais, y en 1977, en ATS, Jean Pierre Jarier, Hans Heyer y Hans Binder.
    Abrazos!

    ResponderExcluir
  3. Jaime,

    quando a Penske esteve na F1 teve, na minha opinião, carros bonitos mas que não foram vencedores...

    abs...

    ResponderExcluir
  4. André, eran bonitos y también vencedores, ya que John Watson ganó con este PC4 el GP de Austria de 1976.
    Abrazos!

    ResponderExcluir