24 de fevereiro de 2013

Impressionante

(Que porrada...) Exceto pela corrida virtual no sábado, estive ausente dos meios internéticos por esses dias (o motivo cês vão saber em breve aqui no blog) mas, não posso deixar de comentar o salseiro na última volta da prova da Nationwide Series em Daytona, no sábado.

Aí embaixo, uma foto da panca.


Regan Smith liderava até a saída da última curva, da última volta. Só que, pressionado por Brad Keselowski, perdeu o controle do carro e acertou o muro de frente. Quem vinha atrás (ou seja, todo mundo), foi colhido. 

Sobrou para Kyle Larson o pior. Seu carro foi catapultado atingindo a cerca de proteção com muita violência. Para se ter uma ideia, o motor e o trem dianteiro do Camaro foram parar sabe-se lá onde (esse vídeo de um espectador mostra que, pelo menos um pneu  atingiu a arquibancada).

Os pilotos saíram sem nenhum arranhão (entre eles Larson, que na opinião deste que vos bloga nasceu de novo), mas muitos torcedores sofreram escoriações e traumas. De mortes não se tem notícia, mas o número de feridos gira em torno de 30.

Sobre a corrida, Tony Stewart venceu "no susto", com Sam Hornish Jr. em segundo e Alex Bowman em terceiro. Detalhe para Nelsinho Piquet, que depois de estrear largando em 17º, fechou o dia em 11º.

Agora, um parêntese. 
Já vi gente comparando o acidente com o que aconteceu no jogo do Corinthians por esses dias, e só tenho uma coisa a dizer: são todos uns idiotas. É um negócio completamente diferente. Todos (sim, TODOS!) que frequentam autódromos sabem dos riscos do automobilismo, e que o que aconteceu em Daytona pode acontecer a qualquer momento em qualquer corrida de carros.
É um esporte perigoso. É um risco que assumimos ao praticar e/ou assistir.
Ou seja, isso sim foi uma fatalidade. Ponto.

Para quem ainda não viu, está aí embaixo o vídeo da porrada.

2 comentários:

  1. Espeluznante, justo chocó con esa puerta, que no debería existir.
    Abrazos!
    http://juanhracingteam.blogspot.com.ar/

    ResponderExcluir
  2. Uma pancada de respeito.
    E uma coisa, como tem maneta na Nascar.

    ResponderExcluir