22 de abril de 2013

Pérez is faster than you

Parece que Sérgio Pérez andou levando uns puxões de orelha de Jenson Button e do chefão mclariano Martin Whitmarsh por conta da agressividade na corrida de ontem, no Bahrein. 

Se isso aconteceu mesmo, acho um baita mimimi por parte do vaga-lume Button, que, sendo um campeão do mundo com tantos anos na categoria, deveria saber lidar com um despirocado querendo mostrar serviço. 

Afinal, ele mesmo já foi assim nos tempos de Benetton... 

"Ah Jaime, mas foi perigoso! O Pérez exagerou e poderia ter fodido com a corrida dos dois" - Concordo que sim, poderia. E pergunto: e daí?! 

Eu sempre critiquei Pérez desde que o mexicano assinou com a McLaren. Sempre!

Mas ontem, coitado, não fez nada mais do que eu esperava dele. E do que todo undo aliás, deveria esperar. Um piloto que mesmo com um carro mediano - pra ser bem generoso com a McLaren - foi combativo e agressivo durante toda a corrida. Tanto que, foi coroado com um milagroso sexto lugar.

E não é só.

Ainda falta um recadinho para a McLaren.

Que baita palhaçada, hein?! Pra quem já permitiu que Senna e Prost quase se matassem na pista, se prestar a um papelão desses?! Pelamor... 

A F1 já não é mais como era antes. Grande parte, por causa de atitudes como essa.

3 comentários:

  1. Ninguém mandou Whitmarsh falar que ele era educadinho. Daí ele rebelou e quis provar o contrário.
    Eu acho que agressividade é válida, quando o cara não é afoito. Só isso.
    A McLaren a muito deixa a dever...

    Abs!

    ResponderExcluir
  2. Na verdade quem tomou puxão de orelha foi o Button... Ron Dennis mandou o recado dizendo que em sua escuderia a briga é livre e que o melhor vai sempre chegar na frente.
    O povo lá sabe que o futuro, por mais estranho que pareça, é o Perez e que Button já deu o que tinha que dar.

    ResponderExcluir
  3. Bien por Pérez, recuperó "la memoria" de como se debe manejar.
    Abrazos!
    http://juanhracingteam.blogspot.com.ar/

    ResponderExcluir