5 de maio de 2013

Espetáculo

(20 anos só, né?!) E esse garoto ai em cima - o tal do Marc Márquez - deu mais um show hoje, na etapa de Jerez de La Frontera da MotoGP. 

E não, ele não ganhou. A vitória ficou com Dani Pedrosa, seu companheiro na equipe Honda. Pedrosa que aliás, pulou na ponta ainda na largada, tomou o troco de Lorenzo - da Yamaha - ainda nas primeiras curvas e se limitou a seguir o adversário, só estudando suas linhas.

Enquanto isso, lá atrás, Marc Márquez não se intimidou com as investidas - e com a ultrapassagem, inclusive - de Valentino Rossi. Devolveu a ultrapassagem - mostrando autoridade e uma certa dose de abuso, até - e deixou o italiano para trás para caçar os dois primeiros colocados.

Vendo o "companheiro porra louca" se aproximar mais e mais, Dani Pedrosa fez o dever de casa direitinho: ultrapassou Lorenzo, assumiu a ponta e deixou a encrenca de sobrenome Márquez para o piloto da Yamaha.

E o garoto tentou, viu?! Em alguns momentos eu tive a certeza de que ele iria cair, até. Mas, ao não conseguir a ultrapassagem, fez o mesmo que Pedrosa no início: acompanhou de perto a Yamaha que ia à sua frente, estudando as linhas de Lorenzo e esperando o momento certo de atacar.

E aí veio a última volta.

Na primeira tentativa, mergulhou por dentro e acabou tomando um "xis" de Lorenzo.

Mas, não era o fim.

Na última curva, Lorenzo fez uma tangência um pouco mais aberta e deixou espaço para uma tentativa do piloto da Honda, que não desperdiçou a chance e mergulhou.

Aí, o choque entre os dois foi inevitável (e limpo, na minha humilde opinião). Márquez passou e Lorenzo não gostou. Gesticulou, discutiu e tudo o mais. Um mau perdedor, essa cara.

No fim das contas, uma dobradinha da Honda em Jerez - então uma pista que seria favorável à Yamaha - deixando a dupla rival Lorezno/Rossi para trás. E eu só digo que quem ainda não assiste a MotoGP, não sabe o que está perdendo, viu?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário