26 de junho de 2013

Antigamente era mais legal

(Dizem por aí) Este fim de semana a abstinência por Fórmula 1 chega ao fim com o gepê de Silverstone. Aquele mesmo tradicional circuito inglês que sediou a primeira prova oficial da categoria, em 1950.

Ou, aquele mesmo Silverstone, mas não tão tradicional assim.

E por que digo isso?

Simplesmente porque se por um lado as modificações ao longo destes 63 anos trouxeram mais segurança para os pilotos e conforto para o público, também serviram para acabar com o desafio - e o espetáculo - que era acelerar por suas 8 curvas (praticamente todas de alta velocidade).

Aquilo sim era coisa para quem tinha colhões (e nenhum amor à vida).

Coisa de macho, mesmo.




A velocidade ainda está lá, em algumas curvas de alta velocidade preservadas.

Mas o desafio é outro.

Os pilotos são outros.

Até a definição de "macho" é outra.

Enfim.

Hoje os pilotos têm de se preocupar apenas em controlar a infinidade de botões à disposição no volante. O perigo de bater ficou em segundo plano. Graças à "segurança" de circuitos com áreas de escape que não são de brita, não são de grama, não são muradas...

São de asfalto!

Sim! As áreas de escape se tornaram pistas auxiliares. E por conta disso os pilotos não precisam mais ter aquele receio de passar um pouco dos limites e se foder. Em resumo, não precisam ser machos de verdade.

Mas neste fim de semana ao menos um se salva.

Um campeão mundial, inglês, que sim, tinha colhões do tamanho de bolas de boliche.

Nigel Mansell será o comissário convidado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário