29 de junho de 2013

Gênios


O fim de semana foi da Yamaha, em Assen, na Holanda. Valentino Rossi voltou a vencer depois de quase três anos de jejum. Calou a boca de muita gente que gritava aos quatro ventos - expressão legal essa, não?! - que o italiano estava velho para isso, que estava acabado em relação aos garotos e eticétera...

Porra nenhuma! O cara foi lá e venceu, com categoria.

Marc Marquez chegou em segundo e Cal Crutchlow - o pole - fechou o pódio, em terceiro. Os dois tiveram um bom pega no final, aliás, e quase se encontraram na abertura da última volta. Marquez era mais lento, mas antecipou uma freada e forçou Crutchlow a sair do traçado para não bater. Ganhou tempo e fechou em segundo, mesmo.

Já tem as manhas todas, esse espanhol.

"Ah Jaime, mas porque o fim de semana foi da Yamaha? O Lorenzo chegou só em quinto" - indagarão vocês.

Sim, chegou em quinto depois de largar em 12º. E largou em 12º após cair na quinta-feira, quebrar a clavícula, voar para a Espanha, operar a clavícula, voltar para a Holanda e largar. Cruzou a linha chorando de dor.

Coisa de louco varrido, mesmo.


Um comentário:

  1. Jaime,

    É bacana ver Il Dotore de volta ao degrau mais alto do pódio. Apesar de não ser fã de Lorenzo, é preciso reconher, o cara foi valente, tem valor!

    abs

    ResponderExcluir