28 de junho de 2013

SilverStones [1]

Vi o primeiro treino livre em Silverstone, hoje pela manhã. Debaixo de um aguaceiro da porra, apenas 11 pilotos marcaram tempo no P1. E sinceramente, acho que quem não foi para a pista deveria ser proibido de treinar. Palhaçada... 

Ricciardo (uau!) ficou com o melhor tempo, quase 0s7 à frente de Hulkenberg. Maldonado (vejam só, de Williams) foi o terceiro, o que significa que esse primeiro treino não valeu de porra nenhuma. 

Passemos então ao segundo, com as coisas mais ou menos em ordem.

Nico Rsoberg foi o mais rápido (tá gostando disso, o garoto), seguido pela dupla da Red Bull, Paul Di Resta e o mercêdico HamiltonRicciardo (uau!) repetiu o bom treino da manhã e foi o sexto colocado. Dos que valem a pena comentar, Alonso ficou com o décimo tempo, apenas.

Mas não está claro ainda quem brigará pelo quê amanhã e no domingo. Choveu, e corridas com chuva são sempre uma bosta para leituras de desempenho. 

O assunto porém, foi o acidente de Felipe Massa, ainda no início do treino.





É sabido que ele não é nenhum Ás em pista molhada. Pelo contrário, essa condição de pista sempre me pareceu ser o seu 'calcanhar de Aquiles'. E com a panca de hoje, já são quatro porradas em três corridas. 

Li por aí que a pilotagem no limite - em busca talvez, de uma renovação de contrato com a Ferrari - é a causa dos acidentes do brasileiro. Ele mesmo declarou que "não é de bater" (imagina se fosse), e que os acidentes não tem qualquer ligação. Disse que os pneus estavam frios, a pista ainda estava úmida e blá blá blá...

Mesma história de sempre.

Mas está me parecendo ser o mesmo problema crônico do ano passado. 

Psicológico fraco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário