27 de julho de 2013

Budapésticas [1]

(As previsões ficam pra depois) Rêmilton foi uma das grandes surpresa do dia, em Hungaroring. Terceira pole seguida do inglesinho, que se torna o 7º piloto a alcançar a marca de 30 poles, ultrapassando a marca de Juan Manuel Fangio.

Digo que Rêmilton foi uma das grandes surpresas, porque não foi a única. Romãgrojã, depois de uma boa performance nos treinos livres, confirmou a boa fase com o terceiro lugar no grid de amanhã, chegando inclusive a ameaçar a pole temporária de Vettel.

Mas, vamos ao treino.

No Q1, os degolados foram os nanicos de sempre - Pic(a), Van der Garde, Bianchi e Chilton.- com a companhia de dois mais ou menos. O lugar onde normalmente estão os carros da Williams, foi ocupado hoje pelo sauberânico Guti-Gutiérrez e pelo forceíndico Di Resta.

No Q2, ficaram pelo caminho Sutil, Hulkenberg, Button, Vergne, Maldonado e Bottas.

A surpresa aqui ficou pelo avanço de Pérez e a degola de Button. O que, convenhamos, não chega a ser uma surpresa assim tão grande. Apesar de não parecer tão mal aqui, Hungaroring (para confirmar mais uma vez a minha tese) deve ser a corrida apagada do vaga-lume Button.

A coisa foi animada mesmo só no Q3.

Logo no início, Hamilton tomou a ponta, mas Vettel cravou 1min19s506, colocando nada menos do que 0s818 no inglês, mostrando que não, não tinha pra ninguém. 

Grojã também entrou na briga, mas perdeu tempo no terceiro setor, fechando sua volta a 0s245 do tempo de Vettel. Terceiro lugar, pois.

Então Hamilton, de forma brilhante, baixou em 0s038 o tempo de Vettel e ficou com a pole. Uma surpresa, que nem mesmo ele acreditou, ao questionar os parabéns pelo rádio: "Fui pole?"



Completam os dez primeiros o alemão Rosberg em quarto, seguido de Alonso, Räikkonën, Massa, Ricciardo (uau!), Perez e Webber.

E aqui cabe um parêntese.

Até quando a Red Bull vai seguir tentando nos enganar com esses "problemas" SÓ no carro do Webber?! Não era essa a equipe que batia no peito para dizer que as condições eram iguais entre seus pilotos?

Pois não é o que parece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário