31 de julho de 2013

Injustiça



(Eu processava) Então foi confirmado que o drive trought aplicado em Romain Grosjean durante o gepê da Hungria foi por conta da ultrapassagem do vídeo aí de cima, sobre Felipe Massa?! Pra mim, foi uma das ultrapassagens mais bonitas e arrojadas do ano, sem dúvida (vejam, antes que tirem do ar).

Precisa ter colhões - ou ser um doido varrido mesmo, no caso do Grojã - para fazer o que esse garoto fez. E sinceramente, não vi NADA de errado! Tanto que, depois da prova o próprio Felipe Massa saiu em defesa de Grojã.

Imaginem só! O próprio ultrapassado.

Allan McNish - bicampeão em Le Mans - foi o comissário convidado na Hungria. Deveria se envergonhar, este escocês. E, se não bastasse esta cachorrada, ainda enfiou mais 20s no tempo final de prova do cara, por conta do incidente com Jenson Button.

É o fim dos tempos.

Um comentário:

  1. Bom, vou ser super sincera que estou com vc nessa Jaime. Achei desnecessária a decisão de drive through e mesmo sendo o Grosjean meio doido, eu gostei da ultrapassagem. Achei legal.
    Por mais que ache ele doido tbm ainda não tenho tanta coisa assim para me declarar totalmente contra ele.

    Mas é, o fim dos tempos. Depois daquele grande acidente, toda ação dele vai ter consequência drástica. Na época eu nem achei ele tão culpado, mas como muitas vezes, ninguém deu muita importância sobre o que pensava.

    Abs!

    ResponderExcluir