8 de julho de 2013

O "outro" Brambilla

Michelle Alboreto foi quem contou esta história. E eu, quando li, juro que não acreditei...

Mas parece que é verdade, mesmo.

O italiano Vittorio Brambilla, o "Gorila de Monza", já é um velho conhecido do blog. Estão em seu currículo uma batida na linha de chegada em sua primeira [e única] vitória na categoria, e uma trapaça para cravar a sua primeira pole position.

Já contei as duas histórias aqui e aqui.

Mas o cara tinha um irmão. 

Ernesto Brambilla, que era bastante conhecido pelo apelido Tino.



Pois bem.

Nos tempos em que Ernesto era piloto da F3, Vittorio era seu mecânico chefe. E reza a lenda que durante um teste privado no circuito de Monza, Vittorio percebeu o motor do irmão falhar na parte de trás do circuito, e disse ao mecânico Pino, que trabalhava para os dois:

"- Acho que ele ficou sem combustível na de Lesmo. Leve um galão com gasolina o suficiente pra que ele traga o carro de volta aos boxes"

Pino então partiu a pé em direção à chicane de Lesmo. E Vittorio tinha razão. O carro de Tino estava parado, sem combustível.

Depois de colocar um pouco de gasolina e dar partida, Tino disse:

"- Sobe aí Pino! Eu te levo de volta."

Chegando aos boxes, Tino afirma para Vittorio que estava realmente sem combustível, e agradece por ter enviado o mecânico Pino para ajudá-lo. Ao passo que Vittorio responde:

"- Sem problemas, mas... Onde é que está o Pino?"

"- Puta merda! Ele estava ai atrás!"

A explicação?

Ao voltar para os boxes, Tino se empolgou com o carro e passou a imprimir velocidade de corrida, chegando à curva Parabólica em quinta marcha, e esquecendo completamente do infeliz mecânico agarrado ao seu carro. 

Levaram mais de uma hora para achar o coitado do Pino. E quando encontraram, ele estava de bruços, na área de escape da Parabólica.

O mais surpreendente?

Ele não só sobreviveu, como continuou a trabalhar para os Brambilla...


Um comentário:

  1. pata que o pareu em manolo, garanto que esse ai contou uma historia interessante aos netos! Que loucura vei!

    ResponderExcluir