29 de agosto de 2013

A Fórmula 1 morreu

"Muitos de nós, ao declararmos nosso amor pela Fórmula 1, habitualmente escutamos de outros interlocutores frases do tipo: “ah, a Fórmula 1 morreu para mim junto com o Senna”. De fato, aquela Fórmula 1 morreu. A categoria que matava pilotos não existe mais. O nível de segurança dos carros foi elevado a ponto de, há quase duas décadas, não ter havido nenhum acidente fatal nem sequer acidentes incapacitantes. Aquela Fórmula 1, realmente, morreu. Mas outras eras nasceram e foram sepultadas na história da categoria, e não foi o triste passamento de Ayrton Senna que determinou esses recomeços"

Há tempos não leio algo sobre a Fórmula 1 que tenha sido tão bem escrito. Aí em cima, só um trecho do ótimo texto escrito pela Alessandra Alves. A íntegra está no site GP Total, e para ler basta clicar aqui.

Na foto: Senna e a era turbo. A outra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário