21 de agosto de 2013

Spa-Francorchamps



(Aumenta o som) Pra vocês irem entrando no clima de Spa-Francorchamps, o vídeo da volta de classificação de Kimi Räikkonën em 2005. Foi antes da reforma que ampliou os boxes e destruiu a Bus Stop original, e o último ano dos motores V10 na Fórmula 1.

É o mais fantástico circuito da temporada, sem dúvida.

71% dele é feito com o pé cravado. Desde a saída da La Source até a freada da chicane Les Combes são nada menos do que 22 segundos de pau dentro. Nesse meio tempo está a curva Eau Rouge, em subida, cega, e que é feita a mais de 200 km/h.

Uma coisa de louco, mesmo.

Pra completar, o terceiro setor do circuito ainda tem a - fantástica - Blanchimont, à esquerda, feita de pé embaixo, pendurado, e que termina na freada para uma das curvas mais lentas do circuito: a Bus Stop, à direita.

5 comentários:

  1. Putz!!! Só quem ama este esporte para entender a emoção que a gente sente no peito quando vê um vídeo destes!!!

    Lindo demais ver um piloto em ação em Spa!!!

    Adorei!

    bjs, Ludy

    ResponderExcluir
  2. Saudades desta Bus Stop ai...
    A de hoje é uma chicane boba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, Groo. E a mudança (a meu ver) foi por um outro motivo, também:

      Antes, os carros saíam da Blanchimont (onde se apoia nas rodas/pneus do lado direito) para a primeira perna também à esquerda, o que forçava ainda mais todo o conjunto do lado direito. O risco de dar merda era grande (ainda mais nesses pneus esfarelantes de hoje).

      Hoje, há uma inversão do balanço do carro para a freada da Bus Stop. É mais chata, é mais lenta e é mais segura... Logo, é pior. =D

      Excluir
  3. Jaime,

    o barulho arrepia mesmo...

    ótimo o vídeo e bons tempos esses aí...

    agora, pra você que admira o Fiat 147, acesse o link abaixo:

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=326658737469371&set=a.218777141590865.55971.218170898318156&type=1&relevant_count=1&ref=nf

    abs...

    ResponderExcluir