26 de setembro de 2013

Coreânicas virtuais [1]

(Vai ser difícil) Seguinte macacada. Sábado é dia de corrida virtual no circuito de Yeongam, na Coréia. Pista que particularmente não gosto. É mais uma obra do Tilke, atual, com um punhado de curvas cegas e uma reta sem fim para os Fórmula 3 que usamos, só.

Depois dos meus primeiros treinos, ontem, não estou tão confiante para a classificação. Afinal, o máximo que consegui depois de um punhado de voltas foi um modesto 2m08s416. Digo modesto porque, se comparado às voltas em 2m06s que eu vi uma turma fazer, esse tempo não me serve de nada.

Claro que na corrida as coisas podem ser diferentes. A estratégia de paradas para usar os dois compostos obrigatórios e a chuva (se acontecer) podem sim, embaralhar as coisas e fazer com que eu ganhe algumas posições. Estou precisando. Afinal, faltei à primeira etapa da temporada, em Cingapura, e preciso de uns pontinhos. Se acontecer, disputo diretamente com o Nasr e o Massa a vaga na Lotus. Serei favorito, aliás.

A bagaça tem transmissão ao vivo pela internet a partir das 19h30min de sábado, com direito a narração e comentários no site F1BC.com. Portanto, vocês não tem desculpas para não assistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário