21 de setembro de 2013

Puríssimas [2]

O sábado cingapúrico correu como era de se esperar. Vettel esteve o tempo todo a 20 mil léguas na frente de todo o resto, que se embolava para brigar do 2º lugar em diante. Desses outros, Rosberguinho foi o melhor, e divide a primeira fila com o tourinho cintilante. Mas, que Rosberg não se anime. Tanto ele como o resto só deverão ver a Red Bull de Vettel durante a volta de apresentação e largada. Só.

Mas, falemos do treino.

O resultado das cabeças no Q1 sempre engana todo mundo. Até porque, será que alguém acreditava mesmo que Button era o segundo mais rápido? Só perdendo para Rêmilton, e seguido por Alonso, Pérez, Rosberg, Webber, Vettel, Ricciardo, Hulkenberg e Guti-Gutiérrez, Pérez e Rosberg? Não né? Pura ficção.

Entre os eliminados porém, nenhuma surpresa. Como sempre, os nanicos catherânicos e marússicos, que dessa vez ganharam a companhia de Di Resta e Maldonado. O primeiro, teve a cabeça cortada logo de cara pela quarta vez em 2013, enquanto  segundo... Bom, o Maldonado é café com leite, não? Está acima do bem e do mal.

Vettel tratou de colocar ordem na bagaça ainda no Q2. Seguido do companheiro Webber, o alemãozinho cravou 1m42s905, e enfiou quase um segundo em Rosberg, então o primeiro dos mortais, em terceiro, que tinha como melhor tempo um bom 1m43s892. 

Os degolados no Q2 foram Hulkenberg, Vergne, Räikkonën, Pérez, Sutil e Bottas. Desses, a surpresa ficou por conta da segunda degola consecutiva de Räikkonën, que afirmou estar sofrendo com dores nas costas. Talvez uma gíria finlandesa para "ressaca". Vai saber.

Neste momento, ninguém tinha dúvidas de que Vettel sobraria no Q3.

E até sobrou mesmo, mas não foi tanto assim. 

O alemãozinho mostrou uma certa arrogância ao sair, fazer sua volta voadora em 1m42s841, e voltar aos boxes. Então, tirou balaclava, capacete e passou a agourar todos os que estavam na pista. Mais ainda os mercêdicos, então os únicos com alguma chance de colocar água no seu chopp.

Rosberg chegou bem perto ao cravar 1m42s932, apenas 0s091 do tempo alcançado pelo tourinho cintilante. Eu não sei mensurar o que esse tempo significa para nós, mortais. Provavelmente nada. Quase um empate técnico, portanto. Completaram os dez primeiros Romãgrojã (em terceiro, a "apenas" 0s217 da pole), seguido de Webber, Rêmilton, Massa, Alonso, Button, Ricciardo e Guti-Gutiérrez.

Enfim.

Os mercêdicos me parecem rápidos, mas não sei se suficientemente rápidos para incomodar Vettel. Além disso, Webber largando mal (claro!), um quase certo Safety Car, a baixa temperatura e os muros podem sim, embaralhar as coisas amanhã. Ok, é mais uma torcida do que uma certeza. 

Ainda acho que deveriam encerrar a temporada amanhã, coroar Vettel e a Red Bull, e iniciar 2014 já na Coréia, daqui há duas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário