28 de setembro de 2013

Subiu no telhado

(E o último que apague a luz) A FIA aproveitou a ocasião da divulgação do calendário da F1 para fazer o mesmo com o novo campeonato de Fórmula E. Aquela mesmo, com carrinhos elétricos, que correrá em grandes centros urbanos em um campeonato que começa em 2014 e termina em 2015. Coisa mais sem pé nem cabeça.

Pois bem. A principal "novidade" foi a etapa do Rio de Janeiro (anunciada com um tremendo "oba-oba" pela prefeitura carioca e pelo próprio Todt, em visita ao estado da Guanabara), que aparentemente subiu no telhado. No lugar entrou Punta del Este, no Uruguai. 

20/09/2014 - Pequim (China)
18/10/2014 - Putrajaya (Malásia)
08/11/2014 - Hong Kong
13/12/2014 - Punta del Este (Uruguai)
10/01/2015 - Buenos Aires (Argentina)
14/02/2015 - Los Angeles (EUA)
18/04/2015 - Miami (EUA)
09/05/2015 - Monte Carlo (Mônaco)
30/05/2015 - Berlim (Alemanha)
27/06/2015 - Londres (Inglaterra)

Logo quando a FIA começou com essa história de correr no Aterro do Flamengo eu disse que não funcionaria. Aqui está o texto, que não me deixa mentir. Afinal, 2014 é ano de Copa do Mundo, e apenas a dois anos de Olimpíadas, tudo no Rio. A prefeitura mal consegue resolver o problema de transporte, os congestionamentos e tudo o mais. Imaginem se daria para armar a parafernalha toda de um fim de semana de corridas no meio de uma cidade caótica?!

Não precisa ser nenhum gênio para concluir que não daria certo (bem, AQUI não daria. Porque na maioria dos países - sérios - daria para fazer tudo isso e mais um pouco).

3 comentários:

  1. Puede ser una linda categoría; eso si, como siempre es monomarca en chasis, y todos los coches son... ¿adivinan?
    Si, son Dallara... monopolio total...
    Abrazos!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Essa eu posso levantar a plaquinha de "Eu já sabia" com propriedade!

      Excluir