3 de outubro de 2013

Ogier é campeão no Rali

(Red Bull, também?) O francês Sebstien Ogier, de 29 anos, sucedeu o compatriota eneacampeão Sebastian Loeb e faturou o Mundial de Rali de 2013, com três etapas de antecedência, na França. 

Confesso que não acompanho com muita frequência o Mundial Rali desde 2004, quando do primeiro título de Loeb. Antes disso, sabia quando eram as etapas, quem eram os pilotos, as equipes e tudo o mais. Daí em diante o interesse foi caindo, e, sem muita cobertura da mídia, acabou que vi o domínio de Loeb mais pelas manchetes do que pela tevê.

Hoje continua assim.

Mas, é legal ver que a Volkswagen se aventurou na categoria com uma equipe própria e, de cara, venceu o mundial. É o primeiro título deles, aliás. Sem desmerecer os caras, é claro que o fato de Loeb buscar novos ares no FIA GT, deixando o Rali de lado, facilitou a vida da turma.

Enfim. Que Mitsubishi, Peugeot, Audi, Ford e outras montadoras que já escreveram sua história nos ralis façam como a Volks e voltem. Afinal, rali é um negócio legal pacas! Categoria competitiva, organizada, sem muito mimimi e atrai muito o público. Ainda tem muito daquela "essência do automobilismo" por lá.

Vocês que acompanham a bagaça, comentem.

Um comentário:

  1. Acompanho pouco, mas pelo pouco que sei é uma categoria que adoraria ter mais tempo para companhar de fato. A falta de cobertura é um impasse.
    Ogier... bem... é passável.

    Abs!

    ResponderExcluir