22 de novembro de 2013

Pingos de Interlagos [1]

(Sem tempo) Nesse fim de semana tem Fórmula 1 em Interlagos, né? Eu sinceramente não estou dando muita bola pro evento não, assim como não dei para a corrida de Austin, onde vi os treinos e a largada, só. Não está valendo mais nada, e corridas no meio da tarde acabam com o fim de semana. 

Mas no domingo vou ver a corrida. Mais pela tradição. Porque gosto da pista, também, e porque ainda tenho esperanças de que a Williams consiga ao menos um pódio, uma pole, ou algum resultado decente ainda esse ano. Podem rir. Mas, se chover, lembrem-se da pole de Hulkenberg em 2010. Tudo bem que o carro não era tão capenga quanto o atual, os pilotos são outros, e Hulk, naquela ocasião, terminou em um modesto oitavo lugar. 

Mas... Dizem que a esperança e a última que morre, não? Então!

Para não passar em branco, alguns pitaquinhos que li por aí. Pretendia fazer postagens especiais, falando de GP's do Brasil que marcaram, fotos, depoimentos e tudo o mais. Não deu. Talvez amanhã eu consiga fazer alguma dessas coisas.

Por enquanto, é isso.

- Massa, se despedindo da Ferrari, vai correr com um capacete especial, todo vermelho. Não deve conseguir grandes resultados. Afinal, a Ferrari deixou de ser competitiva há tempos, e quer mais é que 2014 chegue logo. Jogou a toalha. Uma pena, mesmo. Seria legal ver Felipe no pódio, mas não deve acontecer.

- Maldonado declarou que já está tudo acerto com "alguma equipe" para o ano que vem. Mesmo sem entregar qual equipe, todo mundo sabe que essa tal equipe é a Lotus. Bobinho ele. Deve ser outro que vai fazer uma corrida medíocre. Está cagando pra Williams.

- Choveu no P1, e a ordem das baratas foi: Rosberg, Hamilton (que só por ter visitado o Rio já merece ganhar a bagaça), Vettel, Button (anti doping, por favor), Alonso, Webber, Perez, Kvyat (como fala, mesmo?), Kovalainen e Hulkenberg. Massa foi o 11º.

- Webber e outro que não está nem aí para hora do Brasil (fez sentido, o trocadilho), e quer mais é que a corrida acabe. Depois, adeus F1! Disse em entrevista que sai de um negócio onde há mais pontos negativos do que positivos. Claro que o maior dos pontos negativos é Vettel. Já os positivos... Sei lá! Talvez essa foto aí embaixo, que guardei pra despedida do cara. É de 2005, dos tempos de Williams.



Taí! Gosto do Webber. Falarei sobre ele depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário