24 de novembro de 2013

Pingos de Interlagos [3]

(Cabô mesmo?) Corridinha morna essa de Interlagos, não? Eu achei. E não, isso não é uma crítica. Corrida "mais ou menos" em Interlagos é algo muito melhor do que qualquer coisa que aconteça numa dessas pistas horrorosas, como Abu Dhabi, por exemplo. Mas o "morna" é porque não choveu, como todo mundo esperava. Alias, não choveu em nenhuma corrida esse ano, confere? É recorde isso? Se for, é do Vettel também? Falando nele, deu mais um passeio hoje. 13ª vitória na temporada, 9ª consecutiva, e a 39ª da carreira.

Recordes caindo...

Mas, falemos da corrida. E já aviso que só escreverei sobre os principais lances. Afinal, não fiquei anotando tudo o que acontecia como faço todas as outras vezes. Hoje eu estava com preguiça, e preferi assistir à corrida como um espectador comum.

- Primeira volta movimentada, com bastante gente arriscando. Rosberg arriscou pra cima de Vettel, passou. Webber arriscou largar bem, e só perdeu duas posições. Alonso largou bem, mas não ariscou, e acabou encaixotado pelas duas Mercedes. Massa largou em 9º e saiu da curva do Sol em 6º. Boa largada. Kovalainen ariscou coçar o pé na hora em que as luzes se apagaram... E não largou.

- Vettel passou Rosberg. Webber passou Rosberg. Alonso passou Hamilton e Rosberg. Hamilton passou Rosberg. Massa passou Rosberg. Caiu muito, o Rosberg. Foi de 1º para 6º em poucas voltas. Tinha um acerto para pista molhada, certamente, e a equipe devia estar fazendo a dança da chuva nos boxes.

- Vettel tinha um bom acerto para pista molhada, e para pista seca, também. Impressionante como o carro anda bem de qualquer jeito. Será que... Bom, vamos esperar o ano que vem, não?

- E a punição de Massa? Desnecessária? Sim, também acho. Injusta? Não. Havia um acordo - feito no briefing, acho - de que os pilotos só poderiam cruzar a linha com as quatro rodas até um limite X. Massa foi o único que foi além, e acabou punido. Regras são regras. Nervosismo da despedida, talvez. Mas fez uma ótima corrida, o brasileiro. 

- Bottas armando o bote pra cima de Hamilton? Surpresa, não? Hamilton estava bem na prova, até, e Bottas... Estava e Williams, pô! Mas aconteceu. Bottas por fora, Hamilton por dentro, e... Bateram. Pneu furado pro mercêdico, e abandono para Bottas, que perdeu a roda (ui!). Hamilton ainda seria punido pelo toque, depois. Meio estranho, o toque.

- E Webber? Passou Alonso na pista, ainda no início, e depois da primeira parada (quando voltou atrás) passou de novo o espanhol. Tudo bem, são amigos e tal... Mas a briga foi bonita. Depois, o canguru se animou e até tentou chegar em Vettel. Virou mais rápido, fez seguidas vezes a volta mais rápida e tal... Mas aí Vettel resolveu enfiar 0s5 em apenas uma volta e ele sossegou. Não ia chegar, mesmo. Outra bela despedida.

- E as McLaren? Moibundas durante todo o ano, resolveram fazer boa corrida logo na última. Tanto Button quanto Perez saíram sei lá de onde para chegarem em 4º e 6º, respectivamente. Mas, pesa o fato de que em Interlagos tivemos o tipo de corrida em que Button se dá bem, mesmo. Todo mundo esperando o chove não chove, e ele lá, devagar e sempre.

- Maldonado? Pic? Vale a pena comentar? Não.

No fim, os dez pontuáveis na pista verde de Interlagos foram Vettel, Webber, Alonso, Button, Rosberg, Perez, Massa, Hulkenberg, Hamilton e Ricciardo. 

Enfim.

Adeus vêoitões, adeus Webber, adeus Cosworth, adeus Massa na Ferrari... E que venha 2014! Ao que parece, tem tudo pra ser uma baita temporada, essa do ano que vem. E se você ainda não viu, aqui tem um resumão sobre o que muda nas regras. Tem um vídeo sobre isso rolando por aí, também. Ainda não assisti, mas vou ver se pingo por aqui ainda hoje.

2 comentários:

  1. Post no estilo Boueri de ser escrito. Mais parece uma conversa de amigos. Até ano que vem amigo! hehe

    ResponderExcluir
  2. Algo de errado no 1º paragrafo ?

    ResponderExcluir