2 de novembro de 2013

Xeque xeques [2]

(Not bad) Foi um treino sem graça, esse de Abu Dhabi. E não só pela pista. O título de construtores e de pilotos já está definido, ninguém mais investe um euro furado nos carros desse ano e só resta alguma briga do segundo lugar pra trás, como eu falei no post de ontem.

Mas, convenhamos, há quanto tempo vocês não vêem um treino bom? Eu digo bons mesmo, com disputas e tudo o mais, igual uma corrida. Eu não vejo desde os tempos em que cada um podia dar 12 voltas do jeito que quisesse. Com combustível até nos bolsos ou só com meia garrafa pet no tanque, e rezando para não encontrar gente lerda pela frente.

Webber fazia misérias nessa época, com aquela Jaguar capenga. Lembram? E fez miséria hoje, também. Desbancou Vettel com uma volta fantástica. Disse que errou, o alemãozinho. Sentiu a pressão. Talvez se aposente no fim do ano, ao ver que esse negócio de corridas de carro não é a praia dele...


Mas Webber na pole não quer dizer muita coisa. Afinal, é parte da cartilha do australiano protagonizar largadas horrorosas. Além disso, problemas no carro durante a corrida têm sido outro item seguido à risca nessa cartilha, também. Mas, seria legal que vencesse ao menos uma nessa reta final de campeonato. É a despedida do cara, que acumula 13 anos de F1. Gosto do Webber. É um bom sujeito.

Mas, voltemos a falar do treino.

No Q1, os nanicos marússicos e catherânicos, tiveram a companhia de Guti-Gutiérrez e do forceíndico Sutil. O destaque ficou por conta da Williams, que livrou os dois carros da degola inicial. Feito que, não é nada não é nada... 

Não é nada mesmo, já que no Q2 os dois fizeram  o favor de serem os piores. Maldonado, de malas prontas e saco cheio, foi o 15º e Bottas o 16º. Na frente deles e igualmente degolados aparecem Vergne, em 14º, atrás de Button, Di Resta e Alonso. Este, o 11º. Novidade essa narração de trás pra frente. Vamos ver se emplaca.

No Q3 vimos a Red Bull numa disputa interna e a Mercedes se esgoelando para acompanhar. Não deu. Webber foi o pole, seguido de Vettel, Rosberg e Hamilton (que errou sua volta, rodou, e fodeu os pneus para amanhã). Em quinto aparece Räikkonën, que ainda está em dúvidas se correrá de graça amanhã, mas para garantir, jogou um balde no fogo de GroGro, que anda todo pimpão ultimamente. Larga em sexto, o sabugosa. Entre eles está Hulk, o incrível. E completam os dez primeiros Massa, em 8º, seguido de Perez e Ricciardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário