3 de dezembro de 2013

Hulkenberg na Force Índia

A Force India anunciou hoje o alemão Nico Hulkenberg para 2014. É a segunda passagem de Hulk pela equipe, onde esteve em 2011 como piloto de testes e em 2012 como titular em 2012.

É bem verdade que ele, Hulkenberg, queria estar na Lotus, e acreditou até o último minuto na grana do grupo Quantum, que bancaria a sua vaga. Pois bem, a grana não chegou e ele tratou logo de se arrumar para o ano que vem. Não vai pagar para correr, e estará numa equipe relativamente competitiva. Faz muito bem.

E pensando bem, pode ter sido uma boa escolha.

Raciocinem comigo. A Lotus foi competitiva em 2013, principalmente porque tinha grana e Räikkonën. Ano que vem não terão nem uma coisa nem outra, além de terem perdido uma boa galera do corpo técnico, que debandou para outras equipes quando viram que a coisa pode ficar feia por lá. Com o novo regulamento, é uma carruagem que pode virar abóbora. Vai saber.

A Force India por sua vez, é a abóbora, que segue a sina de "quero ser grande" da Jordan, equipe da qual foi derivada. Afinal, se você não lembram, o que restou da Jordan passou pelas mãos de Midland e Spyker até ser comprado por Vijay Mallya, em 2008.

Enfim.

Ainda falta definir o outro piloto da equipe. Paul Di Resta já andou considerando se aventurar na Indy, e se não for, pode ser que volte para onde saiu: o DTM. Já Adrian Sutil andou falando mal da equipe por esses dias, além de ter tomado um sacode do companheiro esse ano. Não deve ficar, também.

Sendo assim, quem chega? Perez?

Um comentário:

  1. Se a Force India fizer um carro bem resolvido e trouxer Perez, terá tudo para ganhar ao menos mais duas posições no campeonato de 2014. Por outro lado, ao que tudo indica, e conforme sua análise, a Lotus pode ter sim uma queda de rendimento.

    ResponderExcluir