15 de fevereiro de 2014

Monzanápolis








As fotos aí em cima são da tentativa de unir Europa e América n'uma única corrida...

Leia-se F1 e Indy.

Isso mesmo!

Na verdade, foram duas corridas. 

Ambas no mítico oval de Monza.

A distancia a ser percorrida seria a mesma: 500 milhas. E a ideia era utilizar o circuito oval italiano no sentido anti-horário, assim como já faziam em Indianápolis.

Durante os testes para a primeira corrida, em 1957, o americano Pat O'Connor atingiu incríveis 363km/h de máxima.

Para efeito de comparação, a pole position para as 500 Milhas de Indianápolis daquele ano também foi de O'Connor, com uma média de "apenas" 231,6km/h.

Como o formato da prova favorecia os americanos, houve boicote por parte dos europeus...

E, para não dizer que não existiu integração, três Jaguares chegaram a alinhar na prova de 1957, porém, sem qualquer chance de vitória, mesmo sendo estes os vencedores das 24 Horas de Le Mans daquele ano.

Jimmy Bryan faturou a primeira "Corrida dos Dois Mundos".

Ele não era um qualquer.

No ano seguinte ele venceria também as 500 Milhas de Indianápolis. Prova que ficou marcada por um grande acidente na primeira volta, que vitimou Pat O'Connor.

Sim, o mesmo que você viu o nome aí em cima, e que havia sido pole do ano anterior...

Mas, voltemos a 1958.

Houve a segunda tentativa de se realizar a corrida, novamente em Monza.

Dessa vez os europeus encararam o desafio...

Stirling Moss, Luigi Musso, Phil Hill, Harry Schell, Maurice Trintignant, Juan Manuel Fangio, Mike Hawthorn e A. J. Foyt eram alguns dos nomes de peso.

Uma Ferrari chegou a ser construída especialmente para a prova.

Seriam três baterias, com 63 voltas cada.

Luigi Musso, de Ferrari, foi o pole position, com a média de 281.077 km/h.

Agora...

Conseguem imaginar os carros americanos com um cambio de apenas 2 velocidades?

E a intoxicação por metanol sofrida por Musso?

Ou então a bomba de combustível de Fangio se soltando, na terceira bateria?

Não?

Não dá pra imaginar mesmo!

Jim Rathmann venceu, depois de 2h59m37s de prova, 189 voltas e média de 268,25 Km/h.



3 comentários: