23 de março de 2014

Pode melhorar

A temporada estoquiana começou hoje, em Interlagos, em prova que teve como principal novidade a corrida em duplas, esta formada pelo piloto que disputa a temporada regularmente em conjunto com um convidado famosão (ou quase isso, em alguns casos).

Convenhamos. A formula é bacana. A tentativa, claro, válida...

Mas 50 minutos de corrida - dos quais uns 15 foram atrás do Safety Car, por conta da chuva no início, e da confusão com o Rubinho, logo depois - é muito pouco. No fim das contas, teve convidado guiando menos do que um amador n'uma dessas baterias de kart indoor.

Um absurdo para o evento que foi.

E mais. A emissora "oficial" sequer transmitiu o pódio, que tinha Felipe Fraga, esse moleque aí de cima, de apenas 18 anos, que debaixo de um aguaceiro da porra colocou a faca nos dentes e se meteu entre os grandes dinossauros estoquianos.

Foi o nome da corrida, o garoto. Andou bem pacas, e se continuar assim, vai longe.

Enfim, a categoria tem um bom aporte financeiro, grandes patrocinadores, pilotos com um bom currículo e equipes tradicionais, além de muito bem estruturadas. Ou seja, os caras "tem potencial", como dizem.

Só falta reverem essas regras aí...

Nenhum comentário:

Postar um comentário