19 de abril de 2014

Xing-lings [1]

Mercedes, e novo. Hamilton, de novo. Terceira pole em quatro corridas, 34ª na carreira. Com esse número, desbancou Prost e Clark (33), e só têm pela frente Vettel (45), Senna (65) e Schumacher (68). Vai ser difícl chegar nos números do alemão, mas não impossível. Afinal, também achava difícil Schumi chegar nas 65 do Senna, e, quase que não deu mesmo.

Mas, falemos da classificação que, de novo, eu não vi.

Juro que tentei. Dormi, acordei direitinho no horário... Mas o sono falou mais alto. Só deu tempo de ver as Caterham com pneus intermediários no início do Q1. Aparentemente, porque combinam mais com pintura do carro, verde. Única explicação. Afinal, estava chovendo pacas, e todo mundo, acho, estava calçando pneus de chuva forte.

No fim, ficaram pelo caminho Kobayashi, Bianchi, SonyEricsson, Chiton e Maldonado. Alias, o venezuelano já aprontou das suas esses dias. Primeiro, foi mexer em algum botão no volante e rodou na pista durante o primeiro treino livre, depois bateu sozinho na entrada dos boxes, que sabemos, é bem sacana na China, ainda mais no molhado.

Vai saber o que pode fazer amanhã, largando lá no fundão...

Strike?

Enfim, Hamilton liderou o Q2, com 1m54s029, seguido de Vettel, Rosberg, Riccardão e Alonso, só para citar os cinco primeiros. Até porque não vale muito a pena falar de todo mundo que vai aparecer de novo no Q3.

Por sua vez, ficaram pelo caminho, degolados, Räikkönen (pffff), vaga lume Button, Kvyiat Sutil (esse aí tá cagado de urubu esse ano, viu? Fundo do poço), Magnussen junior e Pérez. É a primeira vez no ano, acho, que as duas McLren ficam e fora do Q final.

E o fim todos sabem. Hamilton enfiou um cacete em todo mundo, inclusive no companheiro (ui), que é, hoje, o único capaz e brigar com ele. Hoje não teve briga, Rosberg ficou a 1s283 do tempo da pole, e larga "apenas" em quarto. É pouco para o carro que tem. Entre eles, Riccardão em P2 e Vettel em P3. Outro cacete do novo pupilo dos tourinhos no velho pupilo dos tourinhos vermelhos. Ou, de Ricciado em Vettel, como preferirem.

Completam os dez primeiros Alonso em quinto, seguido de Massa, Bottas, Hulkenberg, Vergne e... Grosjean! 



Aqui, um parêntese para o visconde de sabugosa. 

Levar o horroroso carro da Lotus - em qualquer condição de pista - ao Q3 é algo digno de aplausos, mesmo. Grojã é muto mais piloto do que Maldonado, óbvio, e merece andar mais na frente depois do que fez na segunda metade de 2013.

Que termine nos pontos.

Um comentário: