21 de abril de 2014

Xing-lings [2]

(Ganhei umas posições) Vocês viram a corrida? Eu não. Acordei na metade da bagaça, quando estavam reprisando a cagada da Williams no pit stop do Massa. Hamilton estava anos luz na frente da turma, Rosberg em segundo, Alonso - sabe-se lá como - estava em terceiro... E só. Assim foi até o final.

Terceira vitória de Lúis no ano (a terceira consecutiva também) e 25ª na carreira. Com isso, igualou Clark e Lauda nas estatísticas. E pelo andar da carruagem é capaz de deixar os dois pra trás já em Barcelona.



Como não vi a corrida e parece que não perdi muita coisa, separei apenas algumas curiosidades.

Coisa rápida, só pra corrida não passar em branco.

Em Xangai Alonso faturou o primeiro pódio no ano. Com a mesma carroça, Räikkönen tem como melhor resultado um sétimo lugar, na Austrália. O espanhol é o terceiro colocado no mundial, com 41 pontos, enquanto Kimi é apenas o 12º, com 11.

Depois de um 2º e 3º lugares na Austrália, a McLaren amargou a segunda corrida fora dos pontos. Já estão em 5º lugar nos construtores, e com uma Williams em melhor forma a apenas 7 pontos.

Por falar em mundial de construtores, a Force India é a terceira colocada, à frente de Ferrari e apenas 3 pontos atrás da Red Bull. De quebra, Nico Hulkenberg é o quarto colocado no mundial de pilotos, 5 pontos atrás de Alonso, então "o melhor do resto".

Ver a trapalhada da Williams durante a parada de Massa me lembrou aquele episódio do cavalete com o Barrichello. Foi na França, em 2002, acho.

E para quem achava que a Red Bull sofreria com a longa reta de Xangai... O 4º lugar de Riccardão e o 5º de Vettel mostram que a Renault já se resolveu na questão performance. A Mercedes ainda parece distante, é verdade. Mas não duvidem que os tourinhos vermelhos podem incomodar em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário