11 de junho de 2014

Cacetada!



(Putz!) Que senhora porrada deu Loïc Duval com seu Audi, hoje, em Le Mans. Não sobrou absolutamente nada do carro. Nada! Mas o piloto parece que saiu inteiro. Segundo a Audi, com dois arranhões: um de 50 cm na perna e outro no pescoço (este, por causa do cinto).

É impressionante o quanto esses carros são seguros...

Com pouco mais de uma hora de treino, quando aconteceu o acidente, Duval ocupava a quarta posição na tabela de tempos, com a marca de 3m24s729, tempo 1s1 mais lento que o a marca dos japas da Toyota, que lideraram a sessão com o carro #8.

Ainda que tenha escapado sem ferimentos graves, Loïc não participará da prova, e para o seu lugar a Audi convocou Marc Gené, que já faturou Le Mans em 2009, correndo pela Peugeot. O espanhol correu de Audi também, em 2013, e formará trio com Tom Kristensen e Lucas Di Grassi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário