23 de junho de 2014

Curtas

A primeira de Berger.

México, 1986.

Impressionante como Alonso consegue acompanhar a turma da frente cm o carro que tem nas mãos.

Não, eu não torço pro asturiano.

Mas ontem, no final, por pouco não beliscou o quarto lugar de Felipe Massa.

Enquanto isso, Kimi...

Pensando alto aqui.

Talvez isso explique o motivo de a Williams ter sido tão conservadora.

Os carros da Mercedes ainda estão anos luz à frente de quem quer que seja.

Não dava pra ganhar.

E tentar qualquer coisa diferente talvez significasse perder pontos ganhos para Ferrari e Force India.

Falando em Force India...

E o Pérez, hein?

Ganhou nove posições ao todo, e ainda cravou a melhor volta da corrida.

Lembrando que ele tem um pódio esse ano, conquistado em condições normais.

E ainda tem quem o repudie...

Por fim, considero Silverstone uma incógnita.

Motor ou aerodinâmica?

Williams e Force India ou Red Bull?


Nenhum comentário:

Postar um comentário