23 de julho de 2014

GP do México

Os irmãos Pedro e Ricardo Rodriguez...

Ambos dão nome ao circuito Hermanos Rodriguez, na Cidade do México, que foi confirmado há pouco por Ecclestone no calendário de 2015 da F1, após uma ausência de 22 anos.

O último a vencer por lá foi Mansell, em 1992.

A corrida de 1992 foi palco, também, do primeiro pódio de Schumacher na categoria...

Entre os envolvidos no projeto de retorno do GP mexicano estão Tavo Hellmund (dono da USGP e do Circuitos das Américas, em Austin) e, claro, Carlos Slim (dono da gigante Telmex).

O preço? 

30 milhões de dinheiros americanos, segundo a revista 'Forbes'.

Ainda faltam alguns ajustes para que o circuito receba a homologação da FIA. O que praticamente significa um adeus à curva Peraltada que conhecemos, localizada entre duas grandes retas e praticamente sem área de escape.

Algo inimaginável para a Fórmula 1 atual...





Para finalizar, uma dúvida.

O autódromo mexicano já sediou provas da Fórmula 1 e Indy, assim como Jacarepaguá e Indianápolis. Além disso, me veio à cabeça Watkins Glen, também. 

Lembram de algum outro?

3 comentários:

  1. Montreal e Long Beach com certeza, agora acho (não tenho certeza) que também teve corrida de F1 e Indy em Sonoma, Brands Hatch e Zandvoort.

    Eduardo
    São Paulo/SP

    ResponderExcluir
  2. Ah sim, houve prova da Champ Car (que na prática é Indy também...era) em Zolder.

    ResponderExcluir