22 de agosto de 2014

Spa n' tosas (1)

Rosberguinho pela manhã e Hamilton à tarde. No retorno da Fórmula 1 tudo continua na mesma, ou seja: com os mercêdicos enfiando uma luneta em todo mundo. A diferença de Hamilton par ao companheiro hoje foi de 0s6, o que não necessariamente significa alguma coisa. Qualquer coisa diferente d euma dobradinha prateada é surpresa. 

Os dois treinos de hoje, em Spa não foram assim tão movimentados, e a porrada de Maldonado talvez seja a única coisa relevante do dia. O filhote de cruz credo se esborrachou na curva 10, a Pouhon, e pouhou o muro, chegando a ser levado para o hospital para exames. Está bem, segundo dizem. Soltou alguns parafusos e tal, mas neste caso não chega a ser algo preocupante.

Esgoelando a Ferrari meia boca, Alonso foi o terceiro, seguido de Massa, Button, Bottas, Kviat, Ricciardo, Magnussen e Hulkenberg.

Repararam? 

Sete dos dez primeiros são empurrados por mercedões envocados. Os intrusos são Alonso e seu bonequinho do Neymar no bolso, Kviat (olho nele!) e Riccardão, que já faturou duas esse ano. É a tendência do fim de semana: domínio germânico, com os renaulticos colhendo migalhas. 

Olho, portanto, nas Williams e Force India. A  Mclaren me parece um pouco melhor do que estava no início do ano, porém ainda falta alguma coisa. Alguns dizem que é piloto... Sei lá. Certeza mesmo é que além dos supracitados williamnicos e forceíndicos, não se pode descartar Alonso e as Red Bull.

Nenhum comentário:

Postar um comentário