14 de setembro de 2014

Sobre os elétricos

E a Fórmula E, vocês viram?

Deu Brasil! Sil! Sil!

(momento de reflexão: é pra comemorar?)

Eu vi os treinos, mas confesso que não consegui acordar pra corrida. Aquele meu problema que geralmente acontece quando a Fórmula 1 é de madrugada.

Ou fico acordado direto ou não vejo...

Eu não vi.

Ainda é cedo para formar uma opinião definitiva sobre a categoria.

Fui [e sou, ainda] terminantemente contra esses carrinhos sem barulho algum. Mas ela tem lá seus méritos. Os carros [simpáticos, os danados] "iguais" limitam as coisas por baixo. E, com o bom grid, isso pode render boas disputas.

Os circuitos também são interessantes, embora com as sessões de classificação e corridas no mesmo dia a tendência é vermos pouca gente assumindo riscos antes da bandeira verde.

Sobre a porrada entre Heidfeld e Prost...



Não, não vou fazer piadinhas do tipo "tal pai tal filho".

Até porque não considero Prost "culpado" no incidente de 1989.

Não mesmo!

Mas isso é assunto para outro post...

Na corrida dos elétricos, ficou claro que Prost não viu (e não ouviu!) Heidfled. Isso, claro, não inocenta o francês. Foi uma manobra maluca, que por pouco não deu em tragédia.

Me lembrou o acidente que vitimou Greg Moore, em Fontana.

Uma pergunta:

Até quando dura essa torcida dos brasileiros por brasileiros?


4 comentários:

  1. Discordo de vc. Na hora em que vi o vídeo Suzuka 1989 veio na mente. Aquela antecipada na tangência da curva...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discorda no caso de 89 ou no caso do Nicolas? No caso do Nicolas, ele pode não ter ouvido o carro, mesmo. O que faz uma puta diferença...

      Mas, de qualquer forma, discordamos. Paciência. Mas é ótimo que isso aconteça com pessoas civilizadas, como você.

      Excluir
  2. Eu assisti a corrida, e achei interessante, porém o narrador! Que coisa ruim ele.
    No mais, acredito que somente após umas duas ou três provas iremos ter uma posição real sobre ela;

    ResponderExcluir
  3. Desculpem, mas como mediador da vossa discórdia só gostaria de lembrar que o 'professor' em 83 tentou pegar no caneco na porrada já que em pista quem mandava era o Piquet. Só para lembrar....

    ResponderExcluir