15 de outubro de 2014

Vergne fica

Vettel pulou fora, Daniil Kvyat foi convocado para assumir a vaga do alemão na Red Bull e... "Oh, quem correrá ao lado de Max Verstappen, que com 17 anos mal tem pentelhos no saco?". Pois bem, o chefão Mateschitz deu a entender que o ex-futuro-demitido Jean-Éric Vergne pode continuar.

Faz sentido, e é merecido.

Vergne está no seu terceiro ano de Fórmula 1, e em 2014 tem feito uma temporada, sei lá, "ok", Colocar outro rato de laboratório ao lado de Verstappen - como Carlos Sainz Jr. - é obviamente um risco desnecessário. Pode dar certo, com deu Kvyat? Claro que pode, e eu até acredito que daria mesmo. Mas pode dar uma senhora merda também... E Mateschitz sabe muito bem disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário