29 de janeiro de 2015

Números pirélicos

A Pirelli divulgou um balanço do ano de 2014 em números. Alguns são bem interessantes, outros, nem tanto, como os 700kg de massa preparados pelo chef no Hospitality da equipe durante os GPs. Vamos aos interessantes:


PNEUS
- Total de pneus fornecido em 2014: 38.168
- Pneus usados em fins de semana de corrida: 20.028
- Pneus slick usados em fins de semana de corrida: 17.844
- Pneus de chuva usados em fins de semana de corrida: 2.184
- Todos os pneus utilizados foram reciclados.

PIT STOPS
- Total de pit stops: 817 (sendo 5 drive-through e 3 stop and go)
- Média de 43 por corrida e 2,02 por piloto a cada corrida
- GP com maior número de pit stops: GP do Japão, com 79
- GP com menor número de pit stops: GPs da Itália e Russia, com 23 cada

CIRCUITOS E CORRIDAS
- Corrida mais longa do ano: Singapura, com 2h0m4s795
- Corrida mais curta do ano: Itália, com 1h19m10s236
- Maior quilometragem com cada composto da Pirelli:
          Duro: Bottas (3.544 km)
          Médio: Hamilton  (8.230 km)
          Macio: Gutierrez (7.011 km)
          Supermacio: Perez (2.846 km)
          Intermediário: Hamilton (1.142 km)
          Pneu de chuva: Hamilton (469 km)
- Maior velocidade alcançada : 362,1 km/h, com Daniel Ricciardo no GP da Itália

ULTRAPASSAGENS
- Número total de ultrapassagens: 636, média de 33 por corrida
- Maior número de ultrapassagens com pista seca: 65, no GP da Alemanha
- Maior número de ultrapassagens com pista molhada: 49, no GP da Hungria
- Menor número de ultrapassagens com pista seca: 7, no GP de Mônaco

OUTRAS ESTATÍSTICAS
- Temperatura de pista mais baixa: 19º C, no GP da China
- Temperatura d epista mais baixa (em situação de corrida): 15º C, no GP da China
- Temperatura de pista mais alta: 49º C, no GP do Brasil
- Temperatura de pista mais alta (em situação de corrida): 57º C, no GP do Brasil
- Temperatura ambiente mais baixa: 17º C, no GP da Bélgica
- Temperatura ambiente mais baixa (em situação de corrida): 12º C, no GP da Bélgica
- Temperatura ambiente mais alta : 35º C, no GP da Malásia
- Temperatura ambiente mais alta (em situação de corrida): 37º C, no GP da Alemanha


Nenhum comentário:

Postar um comentário