12 de janeiro de 2015

Petrobrás fora?

O Américo Teixeira Jr. cravou que o contrato entre a Williams e a Petrobrás pode ser revisto por conta de "questões de ordem técnica".

Embora nem a estatal nem a equipe tenham comentado sobre o assunto, especula-se que a Petrobrás ainda não conseguiu produzir combustível e lubrificantes no mesmo nível do que é fornecido pela malaia Petronas - atual parceira da equipe oficial da Mercedes, que utiliza o mesmo motor da Williams.

Sendo assim, se as coisas não se ajeitarem, o 'não fornecimento' de óleo e combustível (que estava previsto em contrato para acontecer a partir de 2015) inviabilizaria o contrato, e aí a Petrobrás poderia sim, pular fora. 

Lembrando que a notícia gira em torno do contrato técnico, que pode não ter relação com o comercial. Repetindo: pode não ter... Ou seja, mesmo se pular fora, a marca Petrobrás poderia continuar estampada nos carros e macacões da equipe. O que não faria muito sentido, mas... Vai saber?!

Aguardemos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário