13 de março de 2015

Não corre

(Nunca mais) Giedo Van der Garde desistiu de correr. Depois de entrar com processo, bater o pé, ganhar o direito de correr, roubar o macacão de Marcus Ericsson, tirar molde de banco e jurar de pé junto que ia correr, o cara decidiu conversar e chegar a um acordo "mutuamente aceitável".

Traduzindo: vai ganhar uns milhões que a Sauber não tem...

Sendo assim, Nasr e Ericsson normalmente do GP da Austrália. E Van der Lei, depois dessa, nunca mais senta n'um carro de Fórmula 1 ou de qualquer outra coisa; assim como as equipes pensarão duas vezes antes de sacanear um piloto como fizeram com o garoto.

Um comentário:

  1. Talvez o Van der Garde volte a sentar num F1 se o sogro dele comprar a equipe. Do contrário, sei não...

    ResponderExcluir