15 de abril de 2015

Aquele teste na Brabham


Duas imagens do teste de Ayrton Senna com o Brabham BT52B, em Paul Ricard, no final de 1983.

Historinha rápida.

É sabido que em 1983 Ayrton Senna fez uma série de testes antes de ingressar na Toleman, para a disputa da temporada de 1984 (única opção, talvez). Além da modesta equipe inglesa, Ayrton também andou com a McLaren e surpreendeu ao bater o tempo de Rosberg (e o recorde da pista) com a Williams do finlandês, em Donington.

E teve esse teste com a Brabham...

Além de Senna, também foram convidados por Bernie Ecclestone os pilotos Mauro Baldi, Pierluigi Martini e Roberto Guerrero (este último aparece no cockpit do BT52B na primeira foto).

Nelson Piquet (titular do time e campeão em 83') foi o primeiro a ir pra pista, e cravou 1m05s9 antes de entregar o carro aos novatos. Além disso, apostou 100 mil dólares com Bernie Ecclestone, afirmando que o tempo de Senna não ficaria sequer no mesmo segundo do seu.

E não ficou, mesmo.

1min05s90 - Nelson Piquet
1min07s80 - Mauro Baldi
1min07s90 - Ayrton Senna
1min08s60 - Roberto Guerrero
1min08s90 - Pierluigi Martini

5 comentários:

  1. Ele sabia o que estava fazendo (Piquet), mas n imaginava que a brabham ia cair tanto de rendimento, se bem que piquet n foi tetracampeão com a soma do possivel titulo em 86, n fosse a briga interna da williams.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na real ele poderia ter sido só duas vezes campeão se a Williams do Mansell não quebrasse tanto.

      Excluir
  2. Lembro do teste da McLaren com o Stefan Bellof, tenho algumas imagens raras desse teste...

    ResponderExcluir