30 de abril de 2015

Ofuscado...

Roland Ratzenberger com a Simtek (ainda sem adesivos), durante testes em Ímola, em 1994.

Aquele cuja morte ficou à sombra da perda de Senna...

Coisas do destino.

"Roland foi esquecido. Eu fui no funeral dele porque todo mundo foi no do Senna. Eu pensei que era importante que alguém fosse no dele" (Max Mosley)

Além de Mosley (presidente da FIA à época), os pilotos Johnny Herbert, Heinz-Harald Frentzen, Karl Wendlinger e Gerhard Berger, além de Niki Lauda, também compareceram à cerimônia de despedida do austríaco.

3 comentários: