14 de junho de 2015

A cagada



Todo ano Le Mans reserva uma cagada. A da edição 2015 foi o acidente com o Audi #8, com menos de 3 horas de prova, no turno de pilotagem de francês Loïc Duval. Fiscais agitando bandeiras verdes em um trecho sinalizado com luzes amarelas. Giancarlo Fisichella (que estava à bordo da Ferrari envolvida no acidente) viu as luzes. Duval, as bandeiras. Aí deu merda.

Um comentário: