22 de junho de 2015

GP da Áustria

Falemos então da corrida, que começou com Hamilton largando na pole pela 45ª vez - agora está empatado com Vettel, e atrás apenas de Schumacher e Senna nas estatísticas. Não estou criativo hoje, como vocês podem perceber pelo título do post. O texto também não está dos melhores; resumido ao máximo.

Pois bem. Hamilton largou na pole, mas antes da primeira curva já tinha sido jantado (no bom sentido) por Rosberguinho. Vendo a merda que fez, Comandante Amílton partiu para o ataque ao companheiro, e jantaria Rosberg (de novo, nada literal) se Räikkönen não se enroscasse com Alonso lá atrás, na curva 2 - o finlandês largou em 18º por conta de uma cagada da equipe no Q1, e Alonso, coitado... De 7 largadas agora são 5 abandonos. Zeltweg foi o quarto consecutivo.



O vídeo é meio assustador, mas felizmente ninguém se machucou.

Räikkönen diz que não entendeu o que aconteceu. Já Alonso, disse que sabia explicar exatamente o acidente: "o carro é uma merda. No caso, a McLaren. Se eu não estivesse aqui, ele bateria sozinho. É como o Piquet diz: largar atrás é uma merda. Você larga do lado de gente que não sabe nem enxergar pra frente. E no caso, esse que não enxerga pra frente agora sou eu."

Na relargada, que aconteceu na volta 8, Rosberguinho apertou o ritmo e abriu vantagem segura para Hamilton. Foi ajudado, claro, pelo erro de Hamilton - que encostou na linha de saída de box quando fez a sua única parada, na volta 36. Resultado? 5s acrescidos ao tempo final do inglês - o que colocou a vitória no colo de Rosberguinho.

Em tempo: acho uma idiotice sem tamanho punir o piloto por "pisar na linha de box". Seja ela a da entrada ou da saída. Coisa mais sem sentido! Não se ganha 5 segundos ali, porra!

Voltando. Vitória de Rosberguinho com Hamilton em segundo e Massa em terceiro. Massa em terceiro?! Sim, Masa em terceiro... Felipe se aproveitou de uma cagada da Ferrari na parada de Vettel e pulou na frente do alemão. No fim, com menos carro, segurou Tião babando no seu aerofólio para conquistar um pódio consistente depois de um fim de semana idem - largou em 4º.




Largada moonwalker de Hamilton, porrada de Räikkönen na primeira volta (mais um capítulo da via crucis de Alonso), Safety Car, cagada da Ferrari com Vettel (e consequentemente o pulo de Massa para P3), punição idiota de Hamilton e ultrapassagem louca do Maldonado no outro post... Foi só, né?!

Só.

No campeonato, apenas 10 pontos separam a dupla mercêdica nesse momento - com vantagem a favor de Hamilton (169 a 159). Logo depois aparece a dupla da Ferrari - Vettel anotando 120 pontos contra 72 de Räikkönen, e a dupla martínica: Bottas com 67 e Massa com 62. O resto é o resto e disputa outro campeonato. A próxima é em Silverstone - no quintal de Hamilton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário