19 de junho de 2015

Já sou contra

(Argh!) Sobre a briga entre Michelin e Pirelli para o fornecimento de pneus para  F1 a partir de 2017, eu já sou Pirelli desde criancinha. Simplesmente porque a idéia da Michelin é fazer essa aberração aí em cima: rodas maiores, com pneus de perfil baixo. Embora a Pirelli também possa entrar nessa onda. Afinal, já fez o que fez aí em cima, n'um teste ano passado (acho).

Não sei se eu sou saudosista demais, se eu estou maluco, mas, olhem a foto aí embaixo...


Wilsinho Fittipaldi em Mônaco, 1975. Escolhida a esmo... Repararam nos pneus? Agora, comparem: o que parece mais um carro de corrida? A Lotus com pneus de carro tunning ou a Copersucar com pneus monstruosos mais embaixo? Não falo do design dos carros não; reparem SÓ no conjunto rodas/pneus!

[...]

Já cansei de falar que carro de F1 tem de assustar! Seja pela cavalaria debaixo da carenagem, seja pelo barulho estridente, seja pelo tamanho dos pneus. Além da velocidade, claro. Se tiver tudo isso, pronto, a galera gosta. É uma fórmula que não tem como dar errado! Agora, se não tem - e hoje não têm nada disso mesmo, eu me recuso a chamar de F1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário