13 de julho de 2015

Dia do Rock



Rock pra mim é isso aí. O resto é só o resto...

Explico.

Pink Floyd é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores influências que eu tive do meu pai. Lembro claramente dos primeiros discos que ouvi na vida. Curiosamente, o "Division Bell" - último da banda antes do retorno em 2014, foi a minha porta de entrada para ouvir em seguida "The Wall" e "Atom Heart Mother" - ou, o disco da vaquinha, como eu chamava na época, que tem uma das capas mais legais do universo!

Poderia aqui escolher mil outras bandas que fomentaram esse meu gosto musical. Os clássicos "Under a Blood Red Sky" e "War", ambos do U2, são outros dois que que estão nessa lista - o segundo aliás, acho que foi o CD que mais ouvi na vida; era sensacional emendar a sequência "Sunday Bloody Sunday", "New Year's Day" e "Like a Song". E é difícil acreditar que aquela banda se transformou nessa sombra que o U2 é hoje... Putz!

Nessa mesma época (e pelo mesmo canal: meu pai) conheci absolutamente tudo de Led Zeppelin. Emerson Lake & Palmer, Triumvirat, The Doors, Deep Purple, Guns N' Roses, Queen e, para citar alguns nacionais, Secos e Molhados (!), Legião Urbana, Plebe Rude, Nenhum de Nós, Cazuza...

Costumo dizer que atualmente sou fechado para coisas novas: raramente paro para escutar bandas mais atuais e, quando paro, nada me conquista como a turma que citei aqui no parágrafo aí em cima. Nada mesmo! (...) É estranho? Pode até ser. Ruim? Jamais! Sou feliz pacas com o que considero "boa música". 

Enfim.

Recomendo que tirem o dia para ouvir o bom e velho Rock n' Roll. O de verdade! O vídeo aí em cima é só uma sugestão. Das melhores!

Um comentário:

  1. cresci ouvindo rock, Guns,U2,Pink Floyd, Scorpions...hoje também postei no meu blog sobre o dia mundial do rock e deixei duas musicas la:Estranged(Guns) e Wind of Change(Scorpions).

    ResponderExcluir