10 de agosto de 2015

Villeneuve na E

Jacques Villeneuve foi para na F-E, como todo mundo já deve saber...

Gosto do Jacques. Além de ser um dos caras mais sinceros do automobilismo hoje, venceu um dos campeonatos mais disputados da F1 nos últimos... Sei lá, 20 anos! - o de 1997, em cima de Schumacher. Antes disso, já tinha faturado a Indy em 1995 e as 500 Milhas de Indianápolis no mesmo ano. Em 2006 foi chutado da BMW Sauber e daí em diante se divertiu fazendo corridas esporádicas na Nascar, V8 Supercars, Top Race argentina e até na Stock Car brasileira. Porém, que eu me lembre, não disputou um campeonato completo em nenhuma delas.

Agora, aos 44 anos de idade, vai se aventurar nos elétricos. Mais especificamente na equipe Venturi, no lugar do também ex-F1 Nick Heidfeld (então companheiro de Jacques em 2006, puta coincidência!), que vai ser companheiro de Bruno Senna na Mahindra.

Bem.

A categoria parece que emplacou mesmo, e Villeneuve é um ótimo nome para consolidar a bagaça. Será um atrativo, sem dúvida; não só por ser um campeão de F1, mas pelo seu estilo de guiar. Vai ser divertido.

(mas essa falta de barulho dos carros continua me incomodando de um jeito...)

Um comentário: