18 de março de 2016

Australopitacos (1)

Habemus F1! Oh, que saudades... Não, menos. Bem menos. E o motivo é simples: 2016 deve começar como terminou 2015 - Mercedes anos luz à frente do pelotão. Dizem que a Ferrari está bem mais perto e tal, mas aí só teremos a certeza e noção exata do quão perto os vermelhos estão no domingo. Embora eu ache que só dá pra cravar alguma coisa na Malásia, uma pista de verdade - já que Albert Park não é o melhor dos circuitos para esse tipo de análise. Ainda mais se chover na corrida.

Enfim, os carros foram pra pista e tal...

Mas os tempos não servem muito de parâmetro porque choveu horrores em Melbourne, principalmente no segundo treino. Todo mundo andou pouco e teve gente que nem molhou os carros direito (casos de Renault, Williams e Sauber à tarde - sequer marcaram tempos). Hamilton liderou as duas sessões, seguido, pela manhã, da dupla da Red Bull, e à tarde por Hulkenberg e Räikkonën.

Rosberg?

Levou 2s pela manhã e bateu de tarde.

Quem mais andou foi a dupla da Manor, no treino da tarde, com 22 voltas anotadas para cada um... Exatamente! Em 90 minutos de treino quem mais andou foi a pior equipe do grid, com parcas 22 voltas. Ou seja, não dá pra cravar NADA!

--



De madrugada tem classificação, e aquele sistema louco pode render alguma surpresa, ainda mais na chuva. Vejam bem: "alguma surpresa", milagre ainda não. Meu palpite para a tomada de tempos? Hamilton leva, seguido de Vettel e Kvyat (!).

Nenhum comentário:

Postar um comentário